Manutenção.net Notícias

Login    
Cadastre-se
Responda nossa pesquisa de público, clique aqui.

Tecnofink abre unidade em Itaboraí para reparar trocadores de calor

Thomas-Fink-e1377812771355-291x300A empresa mineira TECNOFINK está em vias de firmar novos contrato de serviços, sendo um deles no valor de R$ 20 milhões, com foco principal em serviços de reparo de trocadores de calor.
Os novos contratos, ainda não divulgados, são os que vão agitar o dia a dia da TECNOFINK no seu novo centro de serviços que conta com uma área construída de 12 mil metros quadrados inaugurado em Itaboraí.

Quem trabalha com serviços sabe que todo dia há trabalhos se encerrando e novos projetos chegando. A empresa está na reta final para concluir um grande serviço de reparação e vedação de dutos numa grande refinaria brasileira. Segundo Thomas Fink, diretor executivo, a companhia foi a única capaz de realizar o serviço, e é certificada pela ABS como a primeira no mundo qualificada para reparar tubulações de FPSO.
A Tecnofink atua hoje em seis unidades de negócios, fornecendo serviços para diversos segmentos do mercado como Óleo & Gás, Petroquímica, Siderurgia e Alimentos, e tem, na sua lista de clientes, Braskem, BW Offshore, Transocean, Statoil, Petrobrás, Lupatech, IESA, SBM, Petrobrás, Usiminas, CSN e Grupo Gerdau.

Novidades
A TecnoFink está lançando um produto que se aplica ao reforço estrutural para tubulações com alta resistência à temperatura. Complementando a parte que já existia, de reforço estrutural em reparo emergencial, agora evolui-se para uma nova gama de produtos, com exclusividade no Brasil, atingindo maior temperatura.
Esse é um importante reforço na linha de reparos, ampliando a tecnologia para vedação de vazamentos em tubulações.

Reparo de FPSO

Sendo necessário um reparo em tubulações de óleo certificado pela ABS num FPSO, a Tecnofink é a única brasileira com condições de faze-lo. Em vez de precisar trocar a tubulação, a empresa faz um reforço estrutural usando fibra de carbono, fibra de vidro, kevlar e outros materiais, como compostos com resinas especiais de alta performance.

Reparos sem interrupção operacional

Em recente serviço, numa linha de flare com algumas corrosões, foi feito o trabalho sem parar a linha. A linha de flare é muito importante para o funcionamento de uma refinaria, e em geral é preciso parar a unidade inteira para executar intervenções. A TECNOFINK detém tecnologia para executar os reparos com tudo em funcionamento, vedando os vazamentos e com aplicação de reforço estrutural, o que dá um aumento da vida útil às tubulações.

Além de tubulações, outras aplicações

A mesma tecnologia permite reparos de trincas em grande tanques, como do tipo “Maracanã”, de teto flutuante. De acordo com o enchimento do tanque, o teto sobe e desce, e, se houver trincas na superfície, petróleo ou combustível vazam para cima do teto, porque ele está sempre encostado no líquido. A empresa tem feito reparos deste tipo, como o realizado recentemente em Angra dos Reis, na Transpetro, e em vários lugares, sem esvaziar o tanque.

Outros serviços

Na mesma linha de atenção a empresa também faz a parte de limpeza de equipamentos de troca térmica, onde há a limpeza de trocadores de calor, caldeiras, resfriadores, condensadores.
A Tecnofink é a única empresa certificada no Brasil pela ISO 9001 que faz esse trabalho.

Muito além da indústria de petróleo e gás natural

Não é só em refinarias e plataformas de petróleo que tais serviços se aplicam.
Muitos usuários se encontram em indústrias como petroquímica, refinaria, papel e celulose, alimentícia, siderurgia, mineração etc.
A empresa tem unidade negócios dedicada a serviços em máquinas e estruturas, procurando sempre ocupar o espaço da tecnologia de ponta.
É o caso da máquina que substitui um jato de areia, ou um jato de granalha, sem uso abrasivo. O processo de abrasão, que seria feito por jato, é na realidade feito com cerdas de aço.
As cerdas impactam a superfície e limpam toda a ferrugem e contaminação. A máquina é de origem alemã, com alto desempenho.

Unidade Bio

É onde empresa atua com produtos dentro da consciência ecológica. Como indica o nome, todos os produtos são biodegradáveis. Trabalha-se com desengraxantes com base em água e extratos vegetais. Ou seja, se substitui o tiner, que faz uma limpeza, por água com extratos vegetais sem nenhuma toxicidade, e obtendo-se o mesmo efeito na remoção de borra de óleo, graxa, gordura. O uso é desde automotivo, e em restaurantes, até industrial, como na remoção de hidrocarbonetos. A linha é muito ampla, de uma empresa holandesa, já com fábrica em São Paulo. A Tecnofink é parceira nesse produto, chamado Ecorenova.

Serviços na unidadade Bio

Na divisão há ainda o produto Rydlyme, americano, que também é um desencrustante, que limpa sem calor nem produto químico. Limpa carbonato de cálcio, um grave problema, por exemplo, para o pré-sal. Já se usa nas plataformas de pré-sal, como a P-34 que estava em operação no Espírito Santo, e que utiliza em larga escala o produto em linhas que são entupidas ou estranguladas com carbonato de cálcio.

Os testes realizados deram certo e agora é a fase do uso em maior escala, injetando esse produto em poços para remover o carbonato de cálcio e aumentar a produtividade. As saídas do poço vão fechando porque o petróleo vem com muita água rica em carbonato de cálcio, que vai se depositando e estrangulando as tubulações. Então gasta-se muito mais energia, devido às bombas. É muito comum sistemas operarem com quatro, cinco bombas, mas, depois usarem apenas uma ou duas.

Publicado por: Admin

Nenhum comentário ainda


× Converse no WhatsApp